notíciassbb


SBB compartilha com a ABRASCO nota sobre vacina meningocócica, repudiando notícias que questionam o cronograma vacinal do SUS

Em texto publicado em seu portal, neste 4 de março de 2019, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva, Abrasco, demonstra seu repúdio à disseminação de notícias e argumentos que levam a um entendimento equivocado sobre o funcionamento do Sistema Único de Saúde – SUS, principalmente relacionado ao cronograma vacinal infantil.

A nota refere-se à matéria do portal G1, "Lula veta inclusão de 5 vacinas no calendário nacional", publicada em 10 de dezembro de 2010, e que, em razão do falecimento do neto do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva devido à meningite meningocócica, gerou muitos compartilhamentos nas redes sociais. Houve profusão de associações entre a morte da criança e a suposta ausência da vacina meningocócica conjugada C no SUS.

Integralmente corroborada pela Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), a nota da entidade esclarece: "cabe recuperar reportagem anterior do mesmo portal ('SUS passa a oferecer duas novas vacinas em calendário básico', de 1 de fevereiro de 2010), que desfaz, perfeitamente, a controvérsia: 'Duas novas vacinas serão incluídas no calendário básico de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). A partir de março, crianças menores de 2 anos contarão com a aplicação gratuita da pneumocócica 10-valente e, a partir de agosto, da anti-meningococo C. As vacinas poderão ser tomadas gratuitamente em postos de saúde' ”.

Assim, segundo a Abrasco, "ao contrário do que foi ventilado, não há relação entre o óbito e o veto ao projeto de lei. A decisão para incorporar a vacina em questão no calendário vacinal obrigatório já havia sido tomada com base em critérios de custo-efetividade. No sítio do Ministério da Saúde, é possível verificar o portfólio de vacinas para crianças e adolescentes, disponível na rede pública e respaldado por fundamentos científicos e epidemiológicos no âmbito do Programa Nacional de Imunizações, entre elas a Meningocócica C e a Pentavalente, que previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por Haemóphilus influenzae tipo B."

Para acessar a íntegra do texto, clique AQUI.

Imagem na home: www.canadiando.com