notíciassbb


Nature divulga relação de personalidades-destaques de 2019

 

 

Quem abre a lista do conceituado periódico científico britânico Nature é o brasileiro Ricardo Galvão, ex-diretor  do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), exonerado em agosto de 2019 pelo atual governo, por demonstrar dados sobre o aumento expressivo do desmatamento da Amazônia. Como não gostou da constatação, baseada em imagens de satélite, o Governo Federal acusou o cientista de “estar a serviço de ONGs estrangeiras”. Galvão reafirmou os dados todas as vezes em que foi questionado e, já exonerado, retornou à Universidade de São Paulo (USP), onde exerce a docência desde a década de 1980.

De acordo com a revista, e fazendo alusão ao físico brasileiro, o texto destaca que “A reputação brasileira como líder ambiental tem se deteriorado em anos recentes. O país conseguiu reduzir o desmatamento mais de 80% entre 2004 e 2012, mas a legislação ambiental agressiva acabou provocando uma reação política e a volta do desflorestamento”. A matéria refere-se a Galvão como “O defensor da ciência”.

Ainda segundo a Nature, “Cientistas e conservacionistas afirmam que a retórica antiambiental do Governo Federal brasileiro mandou um sinal aos fazendeiros e aos grileiros que, mais uma vez, podem limpar a Floresta na Amazônia sem punição”.

Veja aqueles que fizeram a diferença em 2019

Na prestigiada lista, divulgada todos os anos em uma das suas últimas edições, a Nature incluiu quatro mulheres e seis homens, considerados como os principais protagonistas de alguns dos eventos científicos mais significativos do ano passado. São eles:

Ricardo Galvão
Victoria Kaspi (antropologista)
Nenad Sestan (neurocientista)
Sandra Díaz (ecologista e defensora da biodiversidade)
Jean-Jacques Muyembe Tamfum (virologista ligado ao Ebola)
Yohannes Haile-Selassie (paleontologista)
Wendy Rogers (bioeticista)
Deng Hongkui (imunologista)
John Martinis (físico)
Greta Thunberg (ativista ambiental)
 

PARA ACESSAR O TEXTO ORIGINAL, NA ÍNTEGRA, CLIQUE EM:

Ricardo Galvão: Science defender - As chaos spiked in the Amazon, the physicist became a national hero by challenging Brazil’s government