notíciassbb


Bioeticistas lançam obra com reflexões sobre bioética social e analisam suas implicações filosóficas

 

 

Fruto de uma parceria em pesquisa de longos anos sobre a Bioética, voltada no seu amplo pensamento para as questões sociais emergentes na esfera vivencial dramática e política, os bioeticistas Christian de Paul Barchifontaine  e Marcos Aurélio Trindade, autores e coordenadores da obra “A Bioética social e suas implicações filosóficas”, retomam a sua divulgação, publicada em dezembro de 2019 pela Gênio Criador Editora.

 

O livro aborda a ciência, com suas interdisciplinaridades, associada à preservação da vida e seu envolvimento intercultural e mundial. Reúne capítulos de pesquisadores, nacionais e de reconhecimento internacional, de grande relevância e contribuição para o pensamento dessa ciência, sobre escritos inéditos de acordo com a ética da vida.

 

Barchifontaine e Trindade ressaltam que o objetivo da publicação é atribuir as interdisciplinaridades de diferentes áreas do conhecimento, mas com foco na centralização das garantias dos direitos fundamentais do “Ser Humano” e suas relações com o mundo.

 

“A Bioética social e suas implicações filosóficas” é uma publicação científica, que elucida os interesses dos benefícios sociais, culturais, econômicos, religiosos, o respeito pela pessoa, espiritualidade e o fio condutor que é a Saúde. 

 

Em sua apresentação, a obra demonstra que “Estudar a Bioética na esfera social é refletir mais e mais essa ciência, que imperava na relação profissional da saúde e paciente de caráter hospitalocêntrico. Ela evoca a crítica sobre desigualdades, políticas em descaso, saúde sem humanização e condição administrativa, financeira, para os diversos setores da saúde. Sabe olhar, com cuidado, sobre os seres, que vivem demarcados pelos sofrimentos, causados pelas violências, do poderio transgressor humano, que visa o lucro e o poder do capital.”

 

Os autores ressaltam que toda a obra foi pensada com muito carinho, de modo deliberado e sério, para a condução do importante trabalho de pesquisa, resultado de grandes reflexões e produtivos debates por parte dos organizadores-pesquisadores.