notíciassbb


Consciência Negra: exposição virtual traz dados sobre os desafios da população negra quando o tema é saúde

 

 

 

O Centro Cultural da Câmara dos Deputados está realizando uma exposição virtual sobre a saúde da população negra, composta de dados de pesquisas, textos explicativos, fotos, vídeos, gráficos e infográficos.

A iniciativa “Saúde Preta Importa", para lembrar o Dia da Consciência Negra deste 20 de novembro,  mostra os principais problemas que afetam a saúde física e mental dos negros. Também menciona as conquistas mais importantes obtidas pelos negros por meio de leis e políticas públicas nacionais, além dos desafios que ainda persistem.

A exposição traz informações oficiais comparativas, por exemplo, sobre o número de mortos e infectados pelo coronavírus no Brasil. Menciona, por exemplo, um estudo do Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde, da PUC do Rio de Janeiro, com dados do Ministério da Saúde, destacando que até maio de 2020, 55% de pretos e pardos internados em estado grave em decorrência do coronavírus morreram, enquanto esse índice foi de 38% entre pessoas brancas. E mais: demonstra que essa desigualdade é resultado direto do acesso precário da população negra aos serviços de saúde, tanto públicos quanto privados, levando a uma incidência maior de comorbidades mal tratadas que potencializam a letalidade da Covid-19.

Raphael Cavalcante, curador da exposição, lembrou que a falta de acesso à saúde por parte da população negra faz parte do racismo estrutural existente no Brasil. "A mostra traz uma trajetória sobre racismo estrutural a partir da evidência de que a pandemia causada pelo novo coronavírus afetou mais a população negra brasileira. A gente parte do acesso à saúde até outras facetas da vida da população negra, sempre fazendo um comparativo de como esse estrato tão importante da nossa população, que chega a mais de 54%, é afetado pelo racismo estrutural".



ACESSE AQUI A EXPOSIÇÃO VIRTUAL

 

Fonte: Agência Câmara de Notícias


 

 A Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), estarrecida com o fato ocorrido em um hipermercado em Porto Alegre (RS) neste 19 de novembro de 2020, se solidariza com a família de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, que sofreu agressões violentas dos seguranças da loja, espancamento que o levou a óbito.

A SBB se une a todas e todos na luta antirracista!