notíciassbb


OMS institui 2021 como o Ano Internacional dos Trabalhadores da Saúde em gratidão pela dedicação inabalável na luta contra COVID-19

A decisão da Organização Mundial da Saúde (OMS) em fixar 2021 como International Year of Health and Care Workers (YHCW), demonstra gratidão pelo empenho heroico dos profissionais da saúde durante, e apesar, da pandemia de Covid-19. Todos os trabalhadores do setor desafiaram os sistemas mundiais de saúde na luta contra a pandemia. E mais: a iniciativa reconhece plenamente o papel fundamental desses profissionais em um momento grave e crítico para o acolhimento da população, e por garantir saúde e bem-estar, na contramão de tantas dificuldades encontradas em diversos países.

 

Importante frisar que o reconhecimento inclui todos os profissionais e trabalhadores que atuam em serviços de saúde, públicos e privados, e áreas afins, além daqueles que prestam apoio a essas atividades. Ou seja, além de médicos, enfermeiras, psicólogos,  fisioterapeutas, também estão incluídos os profissionais da saúde mental, assistentes sociais, profissionais de saúde ocupacional, radiologistas, trabalhadores de laboratório, e todo o pessoal de apoio em clínicas e hospitais, muitas vezes atuando em ambientes improvisados e com recursos precários.

 

A OMS também está lançando a campanha "Protect. Invest. Together.", destacando a necessidade urgente de união para investir nos profissionais de saúde. A ideia é garantir que a saúde pública tenha apoio, proteção, motivação e equipamentos para fornecer assistência médica segura em todos os momentos, com equidade e justiça, não apenas durante a pandemia de Covid-19, mas em todas as situações nas quais o atendimento em saúde for necessário e urgente.

 

Em resumo, a campanha pretende:

 

1 - Garantir que todos os profissionais de saúde, independente do país de atuação, sejam priorizados para receber a vacina contra Covid-19 nos primeiros 100 dias de 2021 (já estamos completando mais de 200 dias neste mês de julho de 2021...);

2 - Reconhecer e relembrar - em agradecimento - todos os profissionais de saúde que perderam a vida durante a pandemia;

3 - Mobilizar a comunidade global (órgãos empresariais, governamentais,  filantrópicos e financeiros) para investir em profissionais e trabalhadores da saúde acelerando, assim, a recuperação pós-Covid-19 e a retomada do desenvolvimento sustentável mundial;

4 - Envolver os Estados Membros e todas as partes interessadas no diálogo para a manutenção de um pacto de cuidados que proteja os direitos dos trabalhadores da saúde, para que atuem em ambientes dignos e adequados;

5 - Solidariedade, defesa e atenção aos trabalhadores da saúde: estes são os pilares para a obtenção de apoio político e social da campanha "Protect. Invest. Together."

 

Saiba mais AQUI

 

 

Fonte: WHO