notíciassbb


Frente pela Vida manifesta apoio a Walter Correa de Souza Neto, médico que denunciou irregularidades da Prevent Senior

 

 

 

A Frente pela Vida vem manifestar seu apoio ao médico Walter Correa de Souza Neto, que acaba de solicitar ingresso ao Programa de Proteção a testemunhas após ter sido uma das pessoas a denunciar práticas irregulares sendo cometidas na gestão da Operadora de Planos de Saúde Prevent Senior. De acordo com sua advogada, Souza Neto se sente em estado de constante ameaça.

 

Denúncias como a dele forneceram importantes insumos para a atuação de entidades públicas e da sociedade civil no caso que já é um dos maiores escândalos de saúde pública do Brasil. A operadora é acusada de fornecer o chamado kit Covid a seus usuários e não proceder com os devidos cuidados para vítimas da Covid-19.

 

O kit é formado por medicamentos sem comprovação de eficácia ou mesmo comprovadamente ineficazes contra a Covid-19, como cloroquina e ivermectina, mas é o centro de uma campanha nacional de desinformação promovida pelo governo federal e por algumas empresas.

 

As acusações que pesam contra a operadora vão além, e incluem encaminhamento de usuários para a ala de cuidados paliativos quando ainda havia perspectiva de cura, ocultamento de prontuários, inclusão de pacientes em testes clínicos sem observação das regras de ética em pesquisa aplicáveis, como por exemplo, colheita do consentimento livre e esclarecido dos voluntários. Além disso, tais ações contribuíram com o quadro já mencionado de desinformação.

 

Foram informações como as de Walter Correa de Souza Neto que permitiram a atuação do Ministério Público de São Paulo, que já celebrou um Termo de Ajustamento de Conduta com a empresa e segue investigando suas ações, na CPI da Covid-19, que indiciou profissionais e donos da empresa em seu relatório final, bem como da mídia, que nas últimas semanas cobriu o escândalo.

 

Uma das hipóteses em debate é que a operadora teria apostado no kit Covid para reduzir custos, ignorando as consequências trágicas para seus pacientes e familiares. A empresa é uma das dez maiores da saúde suplementar brasileira e tem grande poder econômico para atacar aqueles que ousam enfrentá-la. Por essa razão, a solidariedade a Walter Correa de Souza Neto, e a outros profissionais de saúde que estejam sendo perseguidos por terem denunciado práticas irregulares, é fundamental.

 

 

Frente pela Vida


13/11/2021