notíciassbb


Clonagem de primatas... Clonagem de seres humanos?

 

No centro de grandes discussões éticas sobre possibilidades e segurança, cientistas chineses do Instituto de Neurociências de Xangai realizaram a clonagem de dois macacos-de-cauda-longa, utilizando o mesmo procedimento que possibilitou a clonagem da ovelha Dolly, em 1996.

 

Publicado na edição deste mês da revista “Cell”, o feito gerou vários comentários, a favor e contra, de comunidades científicas mundiais, preocupadas principalmente com a possibilidade da aplicação da técnica na clonagem de seres humanos.   

 

Por aqui, dois renomados cientistas brasileiros, Mayana Zatz, Diretora do Centro de Estudos do Genoma Humano e do Instituto Nacional de Células-Tronco em Doenças Genéticas (USP), e Volnei Garrafa, membro do Comitê Internacional de Bioética da Unesco e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Bioética da UnB, têm opiniões distintas sobre o feito.

 

Em entrevista ao portal O Globo, Zatz afirmou que a técnica é complexa e reúne vários questionamentos sobre a sobrevivência dos clonados e o surgimento de doenças associadas à clonagem, até o momento sob investigação. Já Garrafa, acredita que a Humanidade não resistirá ao desafio em adotar a clonagem, embora o procedimento seja considerado inadmissível atualmente por questões de segurança.

 

Os cientistas chineses estão otimistas e afirmam que os animais podem viabilizar o estudo de doenças que acometem os humanos e auxiliar na pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos. Ainda assim, os pesquisadores foram alvo de inúmeras críticas de instituições que condenam experimentos de clonagem.

 

No entanto, é consenso da comunidade científica que todas as considerações éticas precisam ser avaliadas e estabelecidas com extremo cuidado, em longo prazo, para a aplicação prática deste tipo de experimento no futuro. 

 

Importante acrescentar que a ovelha Dolly foi a única adulta sobrevivente após 277 tentativas. Para produzir o nascimento dos primatas Zhong Zhong e Hua Hua foram necessários 127 óvulos.


Veja a íntegra do artigo no periódico Cell:

Cloning of Macaque Monkeys by Somatic Cell Nuclear Transfer